A PERCEPÇÃO DA QUALIDADE DA INFORMAÇÃO NA ÁREA DE SILVICULTURA DA KLABIN

Informações adicionais

  • Autor: Valente, Laura Maria Marques
  • Nome completo: LAURA MARIA MARQUES VALENTE
  • Data de defesa: Sábado, 13 Novembro 2010
  • Imprenta: 2010, UFPR, Curitiba-PR
  • Orientador: Dr. Armando Dalla Costa
  • Banca examinadora: Presidente: Dr. Armando Dalla Costa. Membro: Dr. Edelvino Razzolini Filho. Membro: Dr. Edson Francisco Stein.
  • Resumo:

     

    A presente pesquisa investiga a percepção da qualidade da informação na área de silvicultura da Klabin. Como se trata de uma pesquisa descritiva, de abordagem qualitativa e quantitativa, utiliza o estudo de caso como procedimento técnico, além do questionário e da entrevista semiestruturada como instrumentos de pesquisa. Para a descrição, a análise e a interpretação dos dados, foram empregadas duas técnicas, a estatística e a de mineração de dados. Como suporte literário explora aspectos da Teoria da Informação. Quanto aos resultados, infere que a qualidade percebida da informação na área de silvicultura é inteligível, manipulável e relevante. Entretanto, a informação não está disponível quando sua necessidade é identificada. Essa não pode ser aplicada diretamente à tarefa a que se propõe, não está livre de erros, não é oportuna, suficiente e útil. Além disso, pelo uso, ela não possui capacidade de beneficiar e prover vantagens ao usuário e não pode ser considerada verdadeira. Ao caracterizar as atividades da silvicultura, a pesquisa observa o perfil do profissional que busca e utiliza a informação, ilustra o fluxo de documentos dentro da área de silvicultura para descrever a trajetória da informação e evidencia a existência de falhas não formalizadas que dificultam ações corretivas. Por mais eficiente que um sistema de controle interno seja, a pesquisa revela que qualquer falha ou discrepância na informação pode gerar prejuízos às organizações, comprometendo a eficácia e a eficiência das atividades desenvolvidas. Considerando as dimensões atribuídas pelos silvicultores à informação, conclui a qualidade percebida da informação como ruim e constata que a falta de credibilidade e a insegurança são as suas principais qualificações e, por isso, devem ser consideradas prioridade na empresa. Esta pesquisa, em função de se tratar de um estudo de caso único na área de silvicultura, ressalta que não é possível generalizar os resultados levantados para toda a empresa. No entanto, procura reforçar a necessidade emergente de adequação dos procedimentos da gestão da informação, para que a integridade e a qualidade da informação sejam restabelecidas na área de silvicultura da Klabin.

  • Palavras-chave: Informação. Ciclo da Informação. Gestão da Informação. Qualidade percebida da informação.
  • Abstract:

     

    This study investigated the perception of information quality in the area of forestry at Klabin. As this is a descriptive, qualitative and quantitative research, the case study was used as a technical procedure, in addition to the questionnaire and semistructured interviews as research instruments. For the description, analysis and interpretation of the data, two techniques were employed, statistics and data mining. As support, some aspects of Information Theory were explored. As for the results, it is inferred that the perceived quality of information in the field of forestry is intelligible, manipulable and relevant. However, the information is not available when its need is identified. It can not be directly applied to the task for which it is proposed, it is not free of errors, neither providential, sufficient or useful. Furthermore, it is not capable to benefit and provide advantages to the user and can not be considered trustworthy. By characterizing the activities of forestry, the study intended to observe the profile of the professional who seeks and uses information, illustrated the flow of documents within the area of forestry to describe the information’s path and showed the existence of flaws that make it difficult to take corrective actions. Even with an efficient internal control system, the research revealed that any failure or discrepancy in the information would lead to losses for the organizations, compromising the effectiveness and efficiency of the developed activities. Considering the extension given by foresters to information, it is concluded that the perceived quality of information is deficient and it was found that the lack of credibility and the insecurity are their main qualifications, therefore, they should be considered as a priority in the company. Since this research is about a single case in the field of forestry, it is not possible to extend the results collected for the entire company. However, it highlights the emerging need for adequacy of the procedures of information management, so that the integrity and quality of information are re-established in the Forestry Klabin.

  • Keywords: Information. Cycle of Information. Information Management. Perceived quality of information.
Ler 1888 vezes

Curta nossa Fan Page

Linguagem do site

 

Fale conosco: (41) 3360-4191
Localização:Localização através do Gogle Maps  
  • Facebook do Mestrado PPGCGTI
  • Twitter: PPGCGTI
© 2013 Francisco Soares - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Campus III, Jardim Botânico - Curitiba - Paraná - Brasil.