OPÇÕES METODOLÓGICAS EM PESQUISAS NA ÁREA DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO: CONTRIBUIÇÕES A UMA ANÁLISE DE DOMÍNIO

Informações adicionais

  • Autor: Freitas, Julliana Lazzarotto
  • Nome completo: JULIANA LAZZAROTTO FREITAS
  • Data de defesa: Quarta, 29 Fevereiro 2012
  • Imprenta: 2012, UFPR, Curitiba-PR
  • Orientador: Dra. Leilah Santiago Bufrem
  • Co-orientador: Dra. Sônia Maria Breda.
  • Banca examinadora: Presidente: Dra. Leilah Santiago Bufrem. Membro: Dra. Sônia Maria Breda. Membro: Dr. José Augusto Chaves Guimarães. Membro: Dr. Egon Walter Wildauer
  • Resumo:

     

    Estudo sobre modos de organização de pesquisas por opções metodológicas na Base de Dados Referenciais de Artigos de Periódicos em Ciência da Informação (Brapci). Objetiva evidenciar como a organização da produção científica por opções metodológicas na área pode contribuir para a identificação de características dessa produção bem como para a realização de análises de domínio. Elabora categorias baseadas nos fundamentos teóricos e tentativas anteriores de classificação de pesquisas por suas opções metodológicas. Apresenta como proposta uma classificação por cinco categorias gerais, a saber: a pesquisa quanto aos seus fins, quanto aos seus meios, quanto aos seus enfoques, quanto às técnicas utilizadas e quanto às análises realizadas. Discute a aceitação da proposta, sua ampliação e aperfeiçoamento pelos produtores de conhecimento na área. Aplica empiricamente a proposta em um corpus representativo de uma realidade concreta do domínio da CI, representado por 689 artigos, ou seja, 10% da produção de artigos indexados na Brapci de 1972 a 2010. Adota o questionário, como técnica de coleta de informações com especialistas e produtores de conhecimento sobre o tema. Utiliza a modalidade de análise de conteúdo para interpretar as respostas do questionário, assim como, para identificar as opções metodológicas dos autores no corpus selecionado. Apresenta um referencial teórico sobre: produção científica; bases de dados como instrumento de divulgação científica; organização do conhecimento; o método, suas origens e concepções; as concepções e correntes epistemológicas; as relações de complementaridade entre metodologia e epistemologia; os pólos da pesquisa; as relações desse objeto com a área de CI e as tentativas anteriores de organização de pesquisas por opções metodológicas na CI. Analisa as características da produção científica da CI. Dessa análise conclui que na pesquisa quanto aos fins, relativa ao seu grau de profundidade, há a predominância dos estudos exploratórios seguidos dos estudos descritivos em detrimento dos estudos metodológicos, avaliativos e especialmente aos explicativos. Destaca que essa predominância reforça a característica de ciência social da CI. Na categoria de pesquisa quanto aos meios, a pesquisa bibliográfica bem como a pesquisa documental apresentam maior grau de incidência, seguidas dos estudos de caso em terceira colocação. As técnicas de observação sistemática, questionário e entrevista são preferencialmente utilizadas nos artigos do corpus. Em relação aos tipos de análise, a análise documental e de conteúdo são as mais recorrentes nas pesquisas analisadas. Os enfoques de pesquisa que se sobressaem são o teórico, o histórico e o bibliométrico. Observa que o enfoque dialético incide em estudos sobre questões educacionais. Percebe que, por meio da conjunção do uso de opções metodológicas, correntes epistemológicas são explicitadas nos artigos em períodos determinados, com destaque aos estudos característicos do positivismo no período de 1972 a 1981 e à influência da corrente fenomenológica no período de 1982 a 1991, a qual ampliou o uso de métodos nas pesquisas qualitativas.

  • Palavras-chave: Metodologia científica. Ciência da Informação. Categorização de opções metodológicas. Opções metodológicas. Base Brapci.
  • Abstract:

     

    It is a study on ways of organizing researches by their methodological options in Base Referencial de Artigos de Periódicos em Ciência da Informação (Brapci). It highlights how the organization of scientific production by its methodological options in Information Science (IC) contributes to identification of its production features as well as the domain analysis. It establishes categories based on theoretical

    foundations and previous attempts at classification of methodological options. It proposes a classification constituted of five categories, namely: the research and their purposes, their means of searching, their approaches, their techniques used and the type of analysis performed. It discusses its acceptance as well as the possibilities of expansion and improvement of the categorization by the knowledge producers in the area. It empirically applies the proposal in a representative corpus of IC reality, represented by 689 articles, 10% of the production indexed in Brapci from 1972 to 2010. It adopts the questionnaire, a technique for gathering information about the subject with specialists and knowledge producers. It uses content analysis to interpret the questionnaire answers and to identify the author`s methodological options in the selected corpus. It presents a theoretical basement about: scientific production, databases as tools for scientific communication, knowledge organization, the method and its origins and conceptions, epistemological currents, the relation between methodology and epistemology, the poles of the scientific research, the research in IC and the previous attempts to organize researches by methodological options in the area. This analysis concludes that the research about its purposes, in relation to the depth of the research, identifies the predominance of exploratory followed by descriptive studies, rather than methodological, evaluative and explanatory studies. It emphasizes the character of the social science as predominant in the area. Realizes that the bibliography, the documentary research and the case studies, respectively in first, second and third positions as a mean of research are more incident in this scientific periodic production. The systematic observation technique, the questionnaire and the interview are preferably used in the analyzed articles. It identifies that document analysis and content analysis are the most used types of analysis in the corpus. The predominant approaches are the theoretical, historical and bibliometric approaches. It is observed that the dialectic approach turns to the studies about educational issues. It realizes, through the conjunction of methodological options used, that epistemological currents are explained in the articles, according to specific periods, with emphasis on studies with characteristics of positivism in the period between 1972 and 1981 and on the influence of phenomenological current from 1982 to 1991, which expanded the use of methods in qualitative research.

  • Keywords: cientific Methodology. Information Science. Categorization of Methodological Options. Brapci Database.
Ler 3666 vezes

Curta nossa Fan Page

Linguagem do site

 

Fale conosco: (41) 3360-4191
Localização:Localização através do Gogle Maps  
  • Facebook do Mestrado PPGCGTI
  • Twitter: PPGCGTI
© 2013 Francisco Soares - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Campus III, Jardim Botânico - Curitiba - Paraná - Brasil.